A vila de Avis regressou ao passado, mais concretamente aos séculos XIII e XIV, com a realização de mais uma edição da Feira Medieval, que, este ano, assumiu, pela primeira vez, um cariz ibérico.
De acordo com o Município, tal deveu-se à escolha da temática de Calatrava para as representações históricas, assim como à proximidade inerente à origem da Ordem de Avis e à consequente identidade de ambos os países.
Durante o fim-de-semana, reis, princesas, nobres, mendigos, bobos da corte, pajens, frades, damas, cavaleiros, bruxas, cartomantes, taberneiros, escravos, fidalgos, jograis, saltimbancos e faquires tomaram conta do Centro Histórico de Avis.
Mais desenvolvimentos na edição impressa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

MacDonald’s está quase a chegar a Elvas

No decurso desta semana deu entrada na Câmara Municipal o projecto de arquitectura que def…