António Dieb, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, é um dos três nomes apontados para presidir à Agência para o Desenvolvimento e Coesão (ADC).
Para além de António Dieb, estão também nomeados Maria Rosa Tobias Sá, antiga presidente do Instituto Nacional dos Recursos Biológicos e ex-adjunta do Gabinete do Ministério da Saúde, e Joaquim Norberto Cardoso Pires da Silva, ex-presidente da CCDR Centro e hoje vereador social-democrata na Câmara Municipal de Condeixa.
Em declarações à Rádio Campanário, António Dieb referiu que “há na vida profissional e na vida pessoal de cada um de nós desafios e caminhos que cada um vai fazendo, tomando as suas opções e assumindo os seus riscos”.
António Dieb disse ainda que têm sido “três anos e meio de trabalho intenso numa Comissão de Coordenação Regional e num Programa Operacional” em que teve “a sorte de poder contar com a dedicação e lealdade de uma equipa muito competente e o trabalho que está feito acreditamos que é um trabalho positivo”.
A tutela liderada pelo ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, tem agora 45 dias para escolher o melhor candidato.
A ADC está a ser liderada interinamente por Rosa Maria Simões. O presidente demissionário desta agência, José Soeiro, foi escolhido pelo Governo, em Maio, para assumir o papel de primeiro curador do beneficiário dos fundos comunitários.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

MCPE aplaude redução de impostos anunciada por Rondão Almeida

O Movimento Cívico por Elvas (MCPE) manifestou o seu “agrado” com a “redução de impostos” …