A cerimónia de assinatura do auto de consignação da empreitada para a melhoria das acessibilidades na zona industrial de Campo Maior realizou-se hoje, em Almada, na presença do presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, Luís Rosinha.

A assinatura decorreu nas instalações da Infraestruturas de Portugal, em Almada, na qual também marcou presença o presidente do Conselho de Administração da Infraestruturas de Portugal, Miguel Cruz, e o administrador da Construções Pragosa, SA, Fernando Manuel Aires Simões.

Com um investimento de 6,7 milhões de euros, esta obra é desenvolvida no âmbito do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência – Acessibilidades Rodoviárias a Áreas de Acolhimento Empresarial, financiado pela União Europeia.

Este projecto tem como principais objetivos aproximar as empresas da região aos principais eixos que constituem a malha fundamental para o transporte de pessoas e mercadorias; diminuir o tráfego rodoviário dentro de Campo Maior, melhorando a dinâmica urbana e territorial; a melhoria da qualidade do ar e diminuição dos níveis de ruído; o reforço da segurança rodoviária e a preservação dos ecossistemas e habitats, nomeadamente na área afeta à zona de Proteção Especial (ZPE de Campo Maior).

Será construída uma variante, a poente de Campo Maior, que irá melhorar as condições de acessibilidade ao tecido industrial de Campo Maior bem como ao tráfego de passagem que utiliza o eixo da N371 como acesso preferencial à fronteira com Espanha (fluxo Portalegre – Espanha).

Com uma extensão de pouco mais de três quilómetros, a variante terá duas faixas de rodagem, uma em cada sentido. Serão também implementadas/reformuladas as ligações à rede rodoviária existente, no sentido de eliminar movimentos de viragem à esquerda, pela introdução de quatro rotundas.

Esta é uma intervenção há muito desejada pelos campomaiorenses porque implica uma redução significativa do trânsito de pesados na vila e porque permitirá desenvolver os acessos à Zona Industrial o que, em combinação com uma melhoria das comunicações com a Plataforma Logística do Sudoeste Europeu (Badajoz), abre perspetivas de novos investimentos para o concelho.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

13 acidentes de viação com um ferido grave e oito condutores detidos em estado de embriagues na lista de ocorrências da GNR

As incidências mencionadas correspondem ao período entre 21 e 23 de Junho …