A Câmara de Portalegre (PSD/CDS-PP) aprovou ontem com quatro votos favoráveis e três contra o orçamento para 2024, superior a 37 milhões de euros, mas o documento será ainda votado na Assembleia Municipal, onde a coligação não tem maioria.
Em reunião extraordinária do executivo municipal, o documento foi aprovado com os votos favoráveis de três eleitos da coligação PSD/CDS-PP e de um vereador da Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP).
Os dois eleitos do PS e outro vereador da CLIP votaram contra.
Em 21 de dezembro, o documento vai ser discutido e votado na Assembleia Municipal de Portalegre, onde a coligação PSD/CDS-PP não tem maioria, sendo aquele órgão autárquico composto por 12 eleitos da coligação, oito eleitos do PS, nove da CLIP e um da CDU.
Os mais de 37,7 milhões de euros do orçamento da câmara, liderada por Fermelinda Carvalho, que está a cumprir o primeiro, englobam o orçamento dos Serviços Municipalizados de Água e Transportes (SMAT), num valor superior a 6,5 milhões de euros.
O orçamento da Câmara de Portalegre para 2024 é inferior em cerca de 2,3 milhões de euros em relação ao deste ano.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Combustíveis: Gasóleo desce, gasolina sobe

A partir da próxima segunda-feira, o gasóleo vai manter a tendência recente de descida, en…