A Autoridade de segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, nas últimas semanas, uma operação de fiscalização, de norte a sul do País, direcionada aos operadores económicos que se dedicam ao comércio de carnes e seus produtos (talhos).

O objetivo, segundo esta autoridade, foi “verificar o cumprimento dos requisitos específicos do sector, com especial destaque para o controlo de origem e rotulagem, as circunstâncias de conservação e exposição, e as condições higiénicas e sanitárias das instalações”.

Como balanço da operação assinala-se a fiscalização de 100 operadores económicos, maioritariamente retalhistas, tendo sido instaurados 19 processos contraordenacionais, destacando-se como principais infrações, a distribuição, preparação e venda de carnes e seus produtos com desrespeito das normas higiénicas e técnicas aplicáveis, a falta de mera comunicação prévia, o incumprimento dos requisitos gerais e específicos de higiene, a falta de requisitos, e a falta, inexatidão ou deficiência na rotulagem.

Procedeu-se ainda à apreensão de cerca de 22 quilos de carne de bovino e queijos e de um instrumento de pesagem (balança), tudo com um valor aproximado de 700 euros.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: Rua às escuras e frigorífico atirado para a porta de entrada de auditório

Um frigorífico arremessado para a entrada do auditório do Cine São Mateus e uma escuridão …