O salão do Centro Comunitário de Campo Maior acolheu ontem, 24 de Fevereiro, a apresentação do livro póstumo da campomaiorense Lurdes Almeida, intitulado “Do Poema fiz Canção”.

Composto por uma série de poemas deixados pela autora e organizados pelos seus filhos, José Almeida e Ilda Almeida, em colaboração com a Filigrana Editora, a obra foi apresentada perante uma sala repleta de campomaiorenses que não quiseram deixar de marcar presença neste momento tão especial, e que sempre foi um dos grandes sonhos de Lurdes Almeida.

O presidente da Câmara de Campo Maior, Luís Rosinha, e a vereadora São Silveirinha participaram na sessão, juntamente com os antigos autarcas Ana Golaio, João Muacho, Isabel Raminhas, que no exercício das suas funções privaram com a autora enquanto responsáveis pela gestão do Centro Comunitário, a “segunda casa” de Lurdes Almeida, e leram alguns dos poemas que integram o livro. A apresentação ficou a cargo de Amélia Bravo Vadillo, da Filigrana Editora.

Estiveram ainda presentes o presidente da Assembleia Municipal, Jorge Grifo, a vereadora Fátima Vitorino, e Vanda Portela e José Leão, em representação das Juntas de Freguesia de S. João Baptista e de Nossa Senhora da Expectação, respectivamente.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Portugal vai acabar por ter casos de dengue, mas vai demorar

já houve casos em Espanha - 10 casos entre 2016 a 2020 -, mas até ao momento não houve cas…