A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve oito homens e instaurou sete processos-crime, no distrito de Beja, por exploração de jogos de fortuna ou azar fora dos locais legalmente autorizados, foi hoje anunciado.
Em comunicado, a ASAE informou que, nas últimas semanas, realizou neste distrito alentejano várias ações de fiscalização direcionadas ao combate da exploração ilícita de jogos de fortuna ou azar, que resultaram também na apreensão de material no valor global de 30 mil euros.
Contactada pela agência Lusa, fonte da ASAE revelou que as ações de fiscalização ocorreram nos concelhos de Beja, Ferreira do Alentejo e Aljustrel e precisou que os oito homens detidos têm entre os 26 e os 47 anos.
Além das oito detenções, a operação, desenvolvida através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora da ASAE, permitiu instaurar um total de sete processos-crime pela prática do crime de exploração de jogos de fortuna ou azar fora dos locais legalmente autorizados.
Segundo a ASAE, foram fiscalizados nove operadores económicos, nomeadamente estabelecimentos de restauração e bebidas, “alguns dos quais com salas dissimuladas e de acesso restrito”, nas quais existiam “alguns equipamentos a funcionar” como máquinas de jogo de fortuna ou azar.
Nesses espaços, foram apreendidas 24 máquinas de jogo ilegal e os respetivos mecanismos de introdução de valores pecuniários, bem como 570 euros em numerário.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Portugal vai acabar por ter casos de dengue, mas vai demorar

já houve casos em Espanha - 10 casos entre 2016 a 2020 -, mas até ao momento não houve cas…