Um taxista de Elvas foi esfaqueado nas imediações da Ponte da Ajuda, entre Portugal e Espanha, por um passageiro.

O autor do esfaqueamento, que se colocou em fuga, já foi identificado e detido pela polícia espanhola na localidade de Olivença, após diligências efectuadas pelas autoridades portuguesas.

O porta-voz da Unidade Local de Saúde do Alto Alentejo (ULSAA), Ilídio Pinto Cardoso, confirmou ao jornal Linhas de Elvas a entrada na urgência do Hospital de Santa Luzia de “um homem com ferimentos na sequência de um esfaqueamento”.

Fonte hospitalar adiantou que o homem já teve “alta médica” e que os golpes na rosto e no pescoço “não atingiram nenhuma estrutura vital”, deixando a vítima “ensaguentada”, mas fora de perigo.

Segundo apurou o jornal Linhas de Elvas, o taxista recebeu uma chamada na praça de táxis para transportar um homem que se encontrava na Rua de São Francisco. O mesmo terá dito para se deslocar para aquela zona do território espanhol, mas junto ao cruzamento para o Embarcadero de Villarreal pediu para sair. Ao mencionar o valor do transporte o taxista foi agredido, ao que tudo indica, com uma navalha na zona do pescoço e na cara.

Elementos da Polícia Judiciária nas urgências do Hospital Santa Luzia (Elvas) a efectuar perícias ao táxi
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Feira de Maio dura até 19 de Maio e conta com novidades

A Feira de Maio, em Elvas, decorre até domingo, 19 de Maio, no Parque da Piedade, e este a…