Um homem, de 35 anos, foi detido pela GNR e ficou em prisão preventiva por suspeitas de tráfico de droga, que alegadamente seria vendida num festival de música no concelho do Crato.

Num comunicado publicado na página de internet da Procuradoria da Comarca de Portalegre, o Ministério Público (MP) indicou ter apresentado a primeiro interrogatório judicial um detido pela prática de um crime de tráfico de droga.

“A detenção foi efectuada pela GNR de Portalegre, no dia 19 de Junho de 2024 (ou seja, na quarta-feira), no Crato. Na altura, o arguido transportava consigo várias substâncias estupefacientes”, adiantou.

Contactada pela agência Lusa, uma fonte do Comando Territorial de Portalegre da GNR precisou que o detido é um homem, de 35 anos.

No comunicado, o MP realçou que o suspeito transportava 257 comprimidos de ‘ecstasy’, que correspondem a 2.570 doses, 252 gramas de haxixe (504 doses), 14,8 gramas de MDMA (153 doses) e 0,6 gramas de cocaína (três doses).

O arguido, acrescentou, tinha ainda na sua posse utensílios que alegadamente utilizaria para pesar e fraccionar a droga, como uma balança e sacos.

Segundo o MP, a droga que o suspeito transportava destinava-se alegadamente “à venda no Festival Waking Life que se realiza na localidade do Crato, Aldeia da Mata, para o qual se dirigia quando foi interceptado pela GNR”.

Presente a primeiro interrogatório judicial, o homem ficou com a medida de coacção mais gravosa, a prisão preventiva.

O inquérito é dirigido pelo Ministério Público de Portalegre.

O festival de música Waking Life arrancou na quarta-feira, prolongando-se até à próxima segunda-feira, de acordo com a página de internet do evento consultada pela Lusa.

SM // RRL
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Hospital de Évora com constrangimentos no Serviço de Urgência Polivalente

O hospital de Évora está com constrangimentos no funcionamento do Serviço de Urgência Poli…