José Nicolau é o primeiro leitor a responder à chamada e deu-nos a notícia que pedimos. Natural de Santa Eulália, tem a vida a correr em Lisboa. No corre-corre diário, não lhe esmorece o interesse em saber o que se passa na terra que deixou a trás. A ligação a Santa Eulália, a Elvas e à região faz-se através do Linhas de Elvas.

A equipa agradece a leitura e a colaboração. Também renovamos o pedido a outros leitores que estão fora de Elvas e do Alentejo: digam-nos e mostrem-nos com uma foto onde nos leem.

Estamos quase, quase a fazer 74 anos. A longevidade é uma das marcas do Linhas de Elvas, que agora responde também pelo nome “Norte Alentejo”.

Estamos crescidos e não paramos de crescer, por isso acrescentámos o nome, que reflete o nosso espectro de acção. Toda a região Norte Alentejo confia em nós e no nosso trabalho. Em cada recanto há notícia e nós temos os meios e o gosto de ir a todo o lado, porque há muita gente à espera da informação que produzimos com rigor e independência.

E se é certo que há um espaço territorial onde nos movemos em trabalho, também é verdade que a nossa mensagem ultrapassa muito esse terreno. O Linhas de Elvas chega longe. Muito longe mesmo! Atravessa a fronteira, circula pela Europa, e por outros continentes. E porquê? Porque há elvenses e alentejanos por todo o Planeta, ligados à raiz e interessados em saber o que se passa nos ponto de origem. Sabemos disso pelo perfil dos assinantes, e também pela monitorização que fazemos.

Sermos um Orgão de Comunicação Social pequeno, mas com uma força de projeção tão grande, enche-nos de orgulho, que vem logo a seguir à responsabilidade que isso nos dá.

O jornalismo digital que realizamos tem sido um espaço muito importante de crescimento. É daqui, deste local onde redigimos esta reflexão, que saem muitos dos conteúdos que chegam a todo o lado.

Conscientes disso, surgiu-nos a ideia de pedir aos nossos leitores que nos mostrem onde nos leem. Elvenses, alentejanos, em trânsito pela região, pelo mundo, em deslocação, em trabalho, em férias, a residir em permanência ou transitoriamente noutras latitudes, mostrem-nos onde estamos convosco. O desafio é: enviem-nos fotos de sítios, monumentos, paisagens. Digam-nos quem são, de onde são, onde estão. Depois nós mostramos. Aqui!

Vamos lá. Envie-nos o seu contributo para [email protected].

Ficamos à espera.

A equipa do Linhas de Elvas agradece!

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Após apedrejamento a um carro da corporação de Vila Viçosa, Presidente da Câmara pede “mão pesada” para quem atenta contra bombeiros

Este ataque, segundo o comandante dos Bombeiros de Vila Viçosa, Nuno Pinheiro, ocorreu, no…