Duas mulheres, de 58 e 86 anos, são as vítimas mortais da colisão rodoviária que envolveu quatro veículos ocorrida hoje à tarde na Estrada Nacional 18 (EN18), perto de Évora, revelou o comandante da corporação local de bombeiros.
Contactado pela agência Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Évora, Rogério Santos, indicou ainda que o ferido grave registado no mesmo acidente é um homem, de 87 anos, transportado para o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).
Quanto às duas vítimas mortais, segundo a mesma fonte, já foram transportadas para os serviços de medicina legal da mesma unidade hospitalar.
Fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) precisou à Lusa que o ferido grave sofreu um traumatismo cranioencefálico, confirmando que foi levado para o HESE.
O sinistro envolveu três veículos ligeiros de passageiros e um ligeiro de mercadorias, referiu o Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Alentejo Central.
A colisão ocorreu ao quilómetro 272 da EN18, no concelho de Évora, de acordo com a Polícia de Segurança Pública (PSP).
Inicialmente, o comando sub-regional da Proteção Civil indicou tratar-se do Itinerário Principal 2 (IP2), mas oficialmente este troço da via é designado como EN18.
O alerta foi dado aos bombeiros às 17:27, afirmou o comando sub-regional, que assinalou que, desde a hora do sinistro, a circulação rodoviária está cortada no local.
Para o local, foram mobilizados 30 operacionais, apoiados por 12 veículos e um helicóptero (que foi entretanto desmobilizado), entre meios dos bombeiros, PSP, GNR, INEM e a empresa Infraestruturas de Portugal (IP).

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Portugal vai acabar por ter casos de dengue, mas vai demorar

já houve casos em Espanha - 10 casos entre 2016 a 2020 -, mas até ao momento não houve cas…